• Inscreva-se para receber novidades por e-mail:

5G no agronegócio: como a conexão de alta velocidade pode melhorar a produção no campo

Intelbras

06 de julho 2022 às 01:07
AgronegócioRedes

5G no agronegócio

 

Do campo aos grandes centros urbanos, a conexão à internet tem revolucionado a nossa forma de viver. O 5G no agronegócio é a promessa para modernizar ainda mais o principal mercado do nosso país

O 5G é uma nova geração de internet móvel com velocidade vinte vezes maior que a do 4G e baixíssima latência. A tecnologia começou a ser implementada em diversos países em 2019, mas no Brasil os primeiros passos foram dados em novembro do ano passado, com o leilão do 5G realizado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). 

A previsão do Governo Federal é que todas as localidades do país tenham internet 5G até 2029. As capitais serão as primeiras a passarem pela implementação, prevista até julho deste ano. Porém, até abril, das 26 capitais, apenas 10 e o Distrito Federal estavam preparados para receber a tecnologia. Isso porque, para o 5G ser implementado, as prefeituras devem aprovar lei municipal que permita às operadoras a instalação dos equipamentos que vão transmitir o sinal. 

Hoje, ainda há barreiras de cobertura e conexão às redes móveis no campo, mas a expectativa é que essa realidade mude nos próximos anos. Segundo dados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), apenas 23% das áreas agrícolas têm acesso à internet. De acordo com estimativa do Mapa e da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq), somente com o aproveitamento de 4.400 torres e antenas já existentes, a cobertura subiria para 48% até 2026.

Apesar de já existir conexão por redes móveis no campo, como 3G e 4G, o 5G promete preencher as lacunas que as gerações anteriores deixaram, abrangendo mais áreas. A conectividade permitirá uma produção mais moderna e digital, com o máximo de aproveitamento das tecnologias de ponta já existentes, aumentando a produtividade. Continue a leitura para entender o impacto da tecnologia neste mercado.

Saiba mais: O que é 5G e o como a tecnologia vai mudar a nossa vida?

 

5G no agronegócio: quais problemas a tecnologia pode minimizar nas propriedades rurais?

O Brasil é um dos maiores produtores agrícolas do mundo, mas a falta de conectividade ainda impede a aplicação de tecnologias e prejudica o avanço da competitividade no mercado mundial. A implementação do 5G no agronegócio poderá minimizar diversos problemas que os produtores rurais enfrentam e aumentar a produtividade. Entre eles, podemos citar:

  • Falta de segurança: um dos principais desafios no campo sem a conectividade é a segurança. Com uma conexão 5G, monitorar a fazenda se torna uma tarefa mais fácil. Isso porque as câmeras e os drones conseguem processar e enviar a informação com mais velocidade e, assim, diminuir a incidência de furtos de defensivos, insumos, animais, maquinários, dentre outros;
  • Má gestão dos processos: o produtor rural que não tem conexão à internet também pode enfrentar dificuldades para gerir os processos na propriedade. Por exemplo, sem conexão, os maquinários e demais equipamentos que demandam telemetria ou inteligência artificial não terão seu máximo potencial explorado, tornando as operações menos autônomas e inviabilizando a utilização de tecnologias revolucionárias;

Desperdícios na produção: a tecnologia também consegue reduzir desperdícios na produção por vários motivos. Entre eles, é possível destacar a maior capacidade de acompanhar as variáveis do ambiente que impactam na produção, como chuva, temperatura, umidade e radiação solar, por gerenciamento e processamento de dados. A conexão ainda permite o uso mais eficiente dos maquinários, preservando os produtos agrícolas na hora da colheita e  o uso racional e controlado de defensivos, diminuindo os cursos financeiros e ambientais.

Leia também: Soluções para agronegócios: tecnologias que o produtor rural pode adotar

 

Quais são os principais benefícios do 5G no agronegócio?

5g agronegocio conteudo

O 5G no agronegócio, com a sua capacidade de alta velocidade de transmissão de dados e baixa latência, terá um papel fundamental para alcançarmos a Agricultura Inteligente. Veja os principais benefícios que a conexão proporciona:

Máquinas mais eficientes

Com o 5G no agronegócio, será possível aproveitar todo o potencial das máquinas agrícolas. No Brasil, o mercado de maquinários rurais já conta com equipamentos modernos, como plantadeiras e colheitadeiras, com inteligência artificial e piloto automático que coletam dados em tempo real. O 5G permite que esses dados sejam processados e enviados com mais rapidez, contribuindo para a tomada de decisões. 

Para ter uma melhor experiência de conectividade e processamento de dados, o produtor rural pode investir em redes de infraestrutura, como rádios outdoor.

Monitoramento em tempo real

O uso de câmeras para monitoramento da área rural já é comum, mas com a chegada do 5G no agronegócio será possível fazer esse monitoramento com mais efetividade e alcance, já que a conexão 5G promete abranger mais áreas da propriedade. Isso significa maior capacidade de monitoramento, contribuindo para a diminuição das incidências de roubo ou furto.

 O mesmo se aplica às tecnologias de monitoramento veicular, que permitem rastrear as frotas que transportam os produtos agrícolas. Com uma conexão de qualidade, a comunicação é facilitada e atualizada em questão de microssegundos, permitindo o acompanhamento em tempo real do transporte da carga.

Rápida comunicação para resolver problemas

Além de monitorar a plantação em tempo real, o produtor rural também pode usufruir da conexão de alta velocidade para se comunicar e resolver problemas com mais rapidez. Por exemplo, após identificar um problema na plantação por meio do monitoramento com drones, o produtor pode enviar as informações coletadas ao seu agrônomo para que ele possa indicar a melhor solução. 

Aumento na produtividade

Com toda a informação apontada anteriormente, fica evidente que a conexão 5G terá impacto positivo sobre a produtividade. Por meio da tecnologia 5G, será possível explorar todo o potencial das tecnologias para o campo, como robôs e drones, e reduzir perdas na produção. Segundo o levantamento Economia Digital no Brasil, publicado pela 5G Americas em 2021, há possibilidade de aumento de 20% em produtividade agrícola

A Intelbras pode te ajudar a implementar tecnologias em sua propriedade rural. Conheça nossas soluções para o agronegócio e acompanhe as novidades sobre o assunto no nosso blog!

 

0 Comentários

Deixe um comentário